Importações de bens de capital voltam para patamar de 2010, diz ABIMEI

 

As importações de bens de capital no Brasil recuaram pelo terceiro mês consecutivo em outubro, para US$ 2,762 bilhões, e chegaram ao nível mais baixo desde fevereiro de 2010. O número representa uma queda de 6,8% em relação às importações em setembro de 2015 e de 23,3% em relação a julho, mês em que as importações de bens de capital começaram a cair. No acumulado de 2015, a queda até outubro é de 19,3%.

Os dados foram apurados pela ABIMEI (Associação dos Importadores de Máquinas e Equipamentos Industriais), em estudo que analisou cada um dos segmentos dos bens de produção. Para a entidade, a falta de maquinaria industrial vai aprofundar a crise e adiar ainda mais a recuperação econômica, por prejudicar a produtividade da indústria nacional.

Entre os segmentos de bens de capital, a maior retração nas importações está nas máquinas-ferramenta (recuo de 28,5% entre janeiro e outubro de 2015, em comparação com o mesmo período do ano passado). O único segmento com um aumento nas importações é o de equipamentos fixos de transporte (crescimento de 27,2% nas importações até agora).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s