Palavra do Presidente – Setembro

Estamos prestes a passar pelas eleições mais incertas desde a redemocratização do Brasil. A confusão jurídica e a quantidade de candidatos com chances reais de se elegerem tornam este pleito um dos mais conturbados e abertos da história. E seja qual for o resultado da eleição, temos que lutar para que os avanços obtidos nos últimos meses não sejam abandonados pelo novo governo.

Nossa presença em Brasília tem nos mostrado que quando pessoas técnicas integram os ministérios e secretárias do governo federal, há um claro entendimento do que é necessário para o desenvolvimento do Brasil. Com isso vemos o quanto o loteamento político dos postos do governo prejudicou o crescimento do país em diversas áreas, entre elas a industrial.

Pesquisas recentes que a ABIMEI elaborou mostram que nos últimos 20 anos o Brasil perdeu em valor agregado nas exportações e em tecnologia nas importações. Isso é tanto a causa como o sintoma de uma falta de produtividade que nos prejudica cada vez mais.

Por isso, é essencial que – na medida em que nos aproximamos da escolha de quem vai governar o Brasil pelos quatro anos seguintes – tenhamos em mente não cometer os mesmos erros do passado: incentivar o consumo sem incentivar a produção, barrar tecnologias de fora em favor de uma produção nacional fraca, fazer parcerias com países fracos em detrimento dos líderes mundiais. Com essas mudanças, podemos crer num futuro de crescimento e prosperidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s