HKTDC e FIESP convidam associados da ABIMEI para seminário

O HKTDC – Hong Kong Trade Development Council, com o apoio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), convidaram as empresas associadas da ABIMEI para participar do seminário “Think Asia, Think Hong Kong” que será realizado no dia 3 de agosto às 9h30 na sede da FIESP. Nesta ocasião, Ralph Chow, Diretaor das Américas dp HKTDC, apresentará Hong Kong como plataforma para geração de negócios na Ásia.

Data: 03 de agosto de 2017 (quinta-feira)

Horário: 09:30 – 11:30

Local: Sede FIESP – Avenida Paulista, 1313 – 10° Andar – São Paulo

Confirme sua presença:

R.S.V.P: (011) 3159-0765

E-mail: marketingbz@hktdc.org

              eventos@hktdc.org

Vagas Limitadas

Programação:

9:30 – Credenciamento

10:00 – Abertura

10:15 – Seminário

11:00 – Perguntas e respostas

11:30 – Encerramento

Treinamento Importação e Financiamentos à Importação

O Banco do Brasil tem o prazer de lhe convidar para o treinamento de “IMPORTAÇÃO E FINANCIAMENTOS À IMPORTAÇÃO“, que será realizado no dia 15/08/2017.

Segue, abaixo, convite contendo maiores informações.

Lembramos que os nossos instrutores são funcionários do Banco do Brasil (Gerentes de Negócios Internacionais e Consultores), com vasta experiência no ramo, além de profundo conhecimento teórico dos temas que serão abordados.

O momento será, também, propício para a troca de experiências entre os participantes, servindo como um indicativo para as melhores práticas.

Contamos com sua presença!

NOME DO TREINAMENTO: IMPORTAÇÃO E FINANCIAMENTOS À IMPORTAÇÃO.

DATA DO TREINAMENTO: 15/08/2017

NOME:
CPF:
FONE:
EMAIL:
EMPRESA :
CNPJ:
FORMAS DE PAGAMENTO:  * (   ) DÉBITO EM CONTA SOMENTE PARA CLIENTES BB ou  (    ) BOLETO

416151651

FENASUCRO & AGROCANA aposta em tecnologia para fomentar negócios e relacionamento entre compradores e expositores

Serão mais de mil marcas em 70 mil m² e a expectativa de receber mais de 35 mil visitantes/compradores vindos do Brasil e de mais 43 outros países. A FENASUCRO & AGROCANA, maior feira do mundo do setor sucroenergético, que acontece de 22 a 25 de agosto em Sertãozinho/SP, aposta na tecnologia para fomentar negócios. Já está disponível nos sistemas Android e iOS o aplicativo mobile que permite tanto relacionamento quanto as negociações entre compradores e expositores antes, durante e depois do evento.

“Com o aplicativo, os visitantes e expositores iniciam networking e fecham negócios mesmo antes da feira começar. É disponibilizado para todos antes, durante e após o evento e vem se fortalecendo como forte ferramenta de negócios a cada ano”, comenta Tatiana Rassini, Gerente de Planejamento de Marketing do Portfólio de ENERGIA da Reed Exhibitions Alcantara Machado.

Na prática, o aplicativo permite que o usuário encontre os produtos e expositores de seu interesse com mais facilidade e os “favorite”, tendo a oportunidade de marcar reuniões, consultar a lista das empresas expositoras, conferir atrações especiais e traçar a rota da visita antecipadamente. Além disso, é possível ver todas as informações sobre a grade dos Eventos de Conteúdo e seus palestrantes e ser alertado sobre o início de cada palestra e debate. Este ano, serão mais de 300 horas de programação voltadas ao aperfeiçoamento técnico e profissional de toda a cadeia produtiva da cana-de-açúcar.

“O aplicativo foi disponibilizado com mais de um mês de antecedência e já é possível que o usuário favorite e indique seus principais produtos e expositores, escolha quais os eventos de conteúdo que irá participar, agende reuniões e, desta forma, aumente suas chances de obter melhores resultados com o evento”, comenta Tatiana.

Em 2017, o aplicativo deve ser baixado por mais de 50% dos visitantes.

Serviço

Edição: 25ª edição
Realização: 22 a 25 de agosto de 2017
Horário exposição: das 13h às 20h
Horário eventos de conteúdo: das 8h às 18h
Local: Centro de Eventos Zanini, Marginal João Olézio Marques, n 3.563

Brasil está no radar da Europa para a produção de beterraba açucareira

A cana será confrontada pelas culturas de milho e de beterraba na produção de açúcar e etanol. O açúcar derivado da cana é responsável por uma fatia de 80% do mercado mundial, enquanto os outros 20% vêm da beterraba açucareira, tipo de produto cultivado na Europa. Os países europeus, principalmente a França, respondem por 80% da produção mundial de açúcar de beterraba. Em relação ao etanol, por sua vez, os Estados Unidos tornaram-se a maior potência deste biocombustível procedente do milho.

Neste contexto, mais de 500 produtores de cana-de-açúcar, beterraba açucareira e de milho de mais de 40 países se reunirão no Brasil, no dia 23 de agosto, durante a 25ª FENASUCRO & AGROCANA (maior feira mundial do setor sucroenergético realizada em Sertãozinho, interior de São Paulo), para discutir se o Brasil pode vir a ser um potencial produtor de beterraba açucareira, levando em consideração as condições climáticas tropicais típicas do país, assim como a produção de etanol a base de milho, nicho de mercado que já trouxe a primeira usina produtora deste biocombustível em Mato Grosso. Isto tudo será discutido no Fórum de Produtores de AgroEnergia, realizado pela Orplana (Organização de Plantadores de Cana), Datagro Consultoria e Reed Exhibitions Alcantara Machado. Representantes de países como África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Bélgica, França, Colômbia, Inglaterra, Guatemala, Turquia, Marrocos, Honduras, entre outros, participarão do evento.

Paulo Montabone, Gerente Geral da FENASUCRO & AGROCANA, explica que este evento, inédito na feira, propõe uma atualização dos produtores de agroenergia brasileiros tendo acesso às experiências de outros países com a beterraba e o milho. “Apresentaremos quais são as tecnologias que são empregadas nos países participantes do Fórum, quais os sistemas de plantio, colheita e industrialização, abrindo aos nossos produtores novas oportunidades de mercado. Este evento será um confronto de ideias sobre o que pode ser aplicado tanto no Brasil quanto nos países europeu. É um intercâmbio cultural e de conhecimento”, explica.

Dividida em cinco painéis, a programação do evento conta com a participação de palestrantes estrangeiros que apresentarão aos produtores do Brasil novas tendências de mercado englobando milho, cana e beterraba. Thimoté Masson (economista) e Benoite Rose, ambos da França, conduzirão a palestra sobre a produção de açúcar de beterraba em condições tropicais. Esta cultura ainda é tema de outros debates como, por exemplo, estão os avanços da produção no mundo; como acontece a colheita na Europa e subprodutos. Na área da cana-de-açúcar os temas abordarão: a otimização da produção pelos sistemas de plantio MPB (muda pré-brotada) e meiosi – sendo novidades para os produtores brasileiros; inovações na colheita mecanizada; subprodutos; a gestão de custos sucroenergéticos; políticas públicas para o setor de açúcar e biocombustíveis, entre outros. Os subprodutos do milho e a geração de energia e diversidade de biomassas também serão apresentados durante o Fórum. O evento também contará com a palestrante Martha Betancourt, da Colômbia, que falará sobre Sistema Integrado.

“Acreditamos que este Fórum injetará novas ideias tanto para os produtores brasileiros quanto aos visitantes internacionais para fomentarmos novas oportunidades e nichos de mercado. Ser um produtor de agroenergia é um conceito global que os nossos profissionais precisam incorporar em sua rotina. O setor sucroenergético é competitivo, dinâmico, mas é sempre importante estarmos atentos às novas possibilidades para estarmos à frente, conforme as necessidades globais, sendo criativos, sustentáveis e prósperos”, destaca Montabone.

Para participar de todos os eventos de conteúdo que acontecem na 25ª FENASUCRO & AGROCANA o interessado precisa fazer o pré-credenciamento disponível no site www.fenasucro.com.br . Nesta edição, são mais de 300 horas de programação.

Serviço

Edição: 25ª edição
Realização: 22 a 25 de agosto de 2017
Horário exposição: das 13h às 20h
Horário eventos de conteúdo: das 8h às 18h
Local: Centro de Eventos Zanini, Marginal João Olézio Marques, n 3.563, Sertãozinho – São Paulo – Brasil
Site oficial: www.fenasucro.com.br

MEC SHOW 2017 reúne mais de 130 expositores em três dias com ampla programação

Consolidada no calendário nacional do segmento metalomecânico e de petróleo e gás, a 10ª edição da MEC SHOW – Feira da Metalmecânica + Inovação Industrial vai reunir mais de 130 expositores nacionais e internacionais, entre os próximos dias 18 e 20 de julho, no Pavilhão de Carapina, no Espírito Santo. Além de apresentarem novidades em máquinas, equipamentos e serviços, a feira contará com uma ampla programação paralela, desde a 6ª edição da Conferência de Petróleo, Gás e Indústria Naval, rodadas de negócios, minicursos, homenagens setoriais até uma intensa agenda na denominada Ilha da Inovação.

Na conferência, que será realizada no dia 18 dentro da MEC SHOW, nomes como Waldyr Barroso, diretor da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Bento Daher, gerente-geral da Unidade de Operações da Petrobras no Espírito Santo, e Andrea Matias, chefe em Suprimentos em Águas Profundas da Shell, já estão confirmados. Eles vão apresentar o atual cenário e falar de investimentos previstos para o segmento offshore.

Já no dia 19, uma palestra sobre oportunidades de investimentos e fornecimento em polos petroleiros mundiais será realizada no auditório da Findes. Já confirmaram participação grupos da Colômbia, Argentina Canadá e México. Pelo Brasil, o geológo e consultor Fernando Taboada também estará presente.

Com o intuito de buscar sinergias para fortalecer ainda mais o setor de automação no Espírito Santo, a ISA/Seção ES promoverá dentro da MEC SHOW o 16º Seminário e Exposição de Instrumentação, Sistemas, Elétrica e Automação – ISA SHOW ES, evento consagrado no setor de automação e integrante da programação desde 2015.

Haverá ainda a Ilha da Inovação, espaço que contará com exposição prática, workshops, e o GranPrix Senai de Inovação, uma disputa em que equipes multidisciplinares trabalham em desafios da indústria durante 72 horas consecutivas, desenvolvendo ideias, protótipos e projetos de inovação. Os resultados são exibidos no local para investidores, empresas e instituições parceiras.

A previsão da Milanez & Milaneze, empresa organizadora, é de que a MEC SHOW atraia mais de 12 mil compradores, provenientes de 16 estados brasileiros, altamente qualificados e com elevado poder de decisão. “O público visitante qualificado é uma das características marcantes do evento, o que o torna direcionado aos negócios”, explicou a coordenadora da feira, Laura Lopes.

“A MEC SHOW confere um foco específico aos negócios, permitindo melhor direcionamento deoferta e demandas por produtos e serviços, o que produz uma diferença positiva em relação aomercado regular”, lembrou o presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas e de Material Elétrico do Estado (Sindifer ES), Lúcio Dalla Bernardina.

Para o presidente do Centro Capixaba de Desenvolvimento Metalmecânico (Cdmec), Durval Vieira de Freitas, a feira completa 10 anos e conseguiu integrar fornecedores de bens, prestadores de serviços, instituições de ensino e compradores em um mesmo espaço.

A MEC SHOW é uma promoção do Sindifer-ES e do Cdmec, com realização da Milanez &
Milaneze – empresa do Grupo VeronaFiere- e correalização do Sebrae/ES e do Sistema Findes-Sesi e Senai. O evento conta com o patrocínio da ArcelorMittal, da Vale; do Banco do Nordeste, da Fibria, e do Estaleiro Jurong Aracruz; e apoio da Abimaq, Abimei, ABM, Instituto Aço Brasil, Crea-ES, RedePetroES e Governo do Estado.

Serviço

MEC SHOW 2017 – 10ª Feira da Metalmecânica + Inovação Industrial
Data: 18 a 20 de julho de 2017
Horário: 15h às 21h (acesso até as 20h)
Local: Carapina Centro de Eventos – Serra/ES.
Para mais informações: http://www.mecshow.com.br l http://www.milanezmilaneze.com.br

Fim do acréscimo de um ponto percentual da Cofins-Importação vale a partir de 1º de julho

A partir de 1º de julho de 2017, fica revogado o § 21 do art. 8º da Lei nº 10.865/2004, que determina que as alíquotas da Cofins-Importação de que trata o referido artigo ficam acrescidas de um ponto percentual na hipótese de importação dos bens classificados na Tipi e relacionados no Anexo I da Lei nº 12.546/2011.

A revogação foi definida pela Medida Provisória nº 774, publicada em Edição Extra do Diário Oficial da União de 30/03/2017, que teve a vigência prorrogada pelo Ato do Presidente da Mesa do Congresso Nacional nº 28 (DOU de 23/05/2017).

De acordo com a Exposição de Motivos da MP nº 774, a revogação do adicional de um ponto percentual da Cofins-Importação faz-se necessária porque a sua instituição buscava equilibrar a incidência criada com a instituição da contribuição previdenciária sobre o faturamento de empresas fabricantes dos produtos constantes do Anexo I da Lei nº 12.546/2011, para equiparar o aumento da tributação do produto nacional com o aumento equivalente da tributação sobre o produto importado. Uma vez que a razão do desequilíbrio é retirada na Medida Provisória, também se revoga a contrapartida na tributação do adicional da Cofins-Importação incidente sobre o produto importado, em cumprimento às regras da Organização Mundial do Comércio.

Alertamos que, embora com vigência a partir de 01/07/2017, é importante aguardar a conversão da MP nº 774 em Lei, a fim de certificar que não houve qualquer mudança em relação à redação originalmente proposta.

ABIMEI anuncia apoio à China Machinex Brazil 2017

A ABIMEI – Associação Brasileira dos Importadores de Máquinas e Equipamentos Industriais – anunciou apoio à China Machinex, principal feira mundial de produtos chineses realizada no Brasil. Em sua quarta edição, o evento ocupará uma área de 15 mil m² e será realizada entre os dias 19 a 21 de setembro de 2017.

O evento contará com mais de 400 expositores divididos entre os setores de máquinas e equipamentos industriais, ferragens e ferramentas, peças e acessórios que vão incrementar os negócios de importadores, distribuidores e revendedores nacionais.

Segundo o presidente da ABIMEI, o apoio é uma forma de gerar benefícios às empresas associadas da ABIMEI. “A China é um dos principais mercados de máquinas no mundo, e é importante que os importadores nacionais tenham acesso às informações e às oportunidades que essa feira vai gerar”, diz o dirigente.

A proposta é trazer benefícios aos visitantes credenciados no evento como compradores qualificados. Eles terão estrutura para reuniões com agendamento prévio no site do evento, estrutura para credenciamento com identificação da entidade incentivadora, almoço executivo no restaurante contratado pelo promotor no evento e ticket de estacionamento gratuito aos visitantes credenciados no programa.